Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLÍCIA

Namorada planejou morte de líder de assentamento motivada pelos ciúmes do amante em MT, diz polícia

 
A namorada do líder de um assentamento, de 49 anos, disse que planejou a morte dele influenciada pelo ciúme que o amante dela tinha do relacionamento, segundo a Polícia Civil. Cleirto Alves Braga foi morto a facadas na sexta-feira (12) no município de União do Sul, a 689 km de Cuiabá.

A mulher, de 29 anos, e o amante dela, de 20 anos, não tiveram as identidades divulgadas. Os dois foram presos e ela confessou ter matado Cleirto.

Mineirinho, como era conhecido, estava desaparecido desde quarta-feira (10), data em que a namorada dele procurou a polícia e registrou o sumiço da vítima.

Uma amiga de Mineirinho contou à polícia que ele era o representante dos assentamentos Nova Conquista e que ela chegou a ser procurada pela namorada dele sobre o desaparecimento

A suspeita confessou o crime e afirmou que ela e o amante, que era vizinho do casal, jogaram o corpo da vítima às margens da MT-423. O corpo estava enrolado em um lençol e amarrado com arames.

A namorada contou à polícia que o assassinato foi premeditado. Ela disse ainda que emprestou uma faca do amante e os dois foram até o sítio de Mineirinho, onde o mataram.


G1MT

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE