Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

REGIONAL

Governo de MT suspende direito ao porte de arma de seis agentes penitenciários e condiciona retorno a laudo psicológico

 
Seis agentes penitenciários tiveram o direito ao porte de arma suspenso por determinação da Secretaria de Segurança Pública. A decisão foi publicada no Diário Oficial que circula nesta quarta-feira (12). 

 A comissão permanente instituída competente para instrução, análise e deliberação de processos referente a suspensão do porte de arma de fogo de agentes penitenciários se reuniu nessa terça-feira (11) e, por unanimidade, votou pela suspensão do direito dos seis agentes.

A suspensão cautelar em quatro dos seis casos condiciona a volta do direito ao porte de arma à apresentação de laudo psicológico que comprove estar apto ao manuseio de arma de fogo.


Os outros dois casos estão condicionados ao término de ações judiciais aos quais os agentes penitenciários respondem.

G1MT

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE