Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Carreta estava parada na BR-163 em Sinop quando caminhão bateu, diz perito; servidor morreu

 
Uma das causas do acidente que resultou de Paulo Sérgio Oliveira Silva, o “Soró” (foto), 49 anos, na tarde desta quinta-feira nas proximidades do Alto da Glória, pode ter sido uma carreta estacionada na BR-163. De acordo com o perito Carlos Siqueira, dois caminhões da Secretaria Municipal de Obras trafegavam no mesmo sentido, quando o primeiro reduziu a velocidade por causa do veículo parado na pista.

“O caminhão vermelho reduziu, foi quando o veículo branco, que era dirigido pela vítima, e estava atrás, tentou frear. Para evitar uma colisão, ele ultrapassou o caminhão (da prefeitura). Nesta manobra, estava vindo um carro na direção contrária. Aí ele tentou voltar para a faixa, mas desgovernou e bateu (na traseira) da carreta estacionada. Esta versão foi repassada tanto pelo motorista da carreta, quanto pelo condutor do outro veículo da Secretaria de Obras”, explicou Carlos.

Ainda de acordo com o perito, não foi possível avaliar qual era a velocidade do caminhão basculante no momento do acidente. “Não havia sido trocado o disco diagrama do tacógrafo. Aí não tem como saber. Não tem chance de calcular”, resumiu Siqueira.

Conforme Só Notícias já informou, Paulo ficou preso às ferragens e morreu na hora. O caminhão estava carregado com cascalho. Com o violento impacto, os destroços ficaram às margens da pista. Soró levaria a carga de cascalho para uma estrada vicinal a cerca de 6 km de onde houve a colisão.

Paulo Sérgio residia em Sinop há muitos anos. Há cerca de 3 trabalhava na prefeitura. Antes, trabalhou como serralheiro. Ele também foi jogador do Sinop Futebol Clube, em 1992, formado por diversos ‘pratas da casa’. Zagueiro, Soró disputou o mato-grossense no grupo do qual também fez parte Marcelinho Boiadeiro.

Em notas divulgadas, prefeitura e câmara de vereadores manifestaram “profundo pesar” pelo falecimento. A funerária Luz e Vida informou que Paulo será velado, a partir das 8h, nesta sexta-feira, na capela da empresa, na avenida das Embaúbas, no centro. O sepultamento será em Sinop, no sábado, às 8h30.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE