Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

REGIONAL

OPERAÇÃO MANTUS:Polícia pede à Justiça para usar carros apreendidos de Arcanjo

 
A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) pediu à Justiça que os veículos apreendidos dos investigados na Operação Mantus sejam cedido à Polícia Civil. Três dos 11 bens recolhidos são do bicheiro João Arcanjo Ribeiro.

As organizações criminosas Colibri e Ello FMC são investigadas por lavagem de dinheiro e prática de jogos de azar em Mato Grosso. O grupo de 32 pessoas foi preso no dia 29 de maio, pela GCCO, em cidades de Mato Grosso, Rio de Janeiro e São Paulo.

Na ação, foram apreendidos vários veículos, entre eles os carros e motos citados na lista encaminhada à juíza Ana Cristina Mendes, da 7° Vara Criminal, que irá avaliar o pedido nos próximos dias.

Na relação estão um Toyota Corolla, um HB 20, Fiat Uno, caminhonete S10, um Fiat Toro, Honda WRV e uma Toyota Hilux da organização Colibri. Os 3 últimos veículos estão em nome de Arcanjo.

Já da Ello FMC, a polícia pediu um Honda Civic, uma moto CG 160, um Ford K e um carro modelo Chrysler 300, este do delator Frederico Muller Coutinho.

Caso a juíza defira o pedido da GCCO, os veículos serão destinados aos trabalhas da Polícia Civil.


Gazeta Digital

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE