Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Acusados de matar mototaxista são condenados em Belém

O crime aconteceu em junho de 2016 no bairro do Tenoné. A pena prevista para os autores é de 13 e 20 anos de reclusão.

 

Nesta quarta-feira (9), a Justiça condenou Patrick Santos de Melo e Moisés do Rosário Venâncio pelo crime de homicídio qualificado do mototaxista José Roberto Venâncio. A pena prevista para os autores do crime é de 20 e 13 anos de reclusão.

No dia 16 de junho de 2016, a vítima foi atraída e morta com arma de fogo por Patrick em um sítio localizado no bairro do Tenoné, em Belém. O outro réu, Moisés, participou do crime ao auxiliar na fuga de Patrick. A justiça segue à procura de Jefferson Alexandre Amaral, apontado como mandante do crime.

De acordo com depoimentos de testemunhas, a vítima chamou atenção do traficante Jefferson após não concordar em fazer da área, na qual atuava, um ponto de drogas. Patrick foi acionado para cometer o crime devido uma dívida que tinha com Jefferson.

O julgamento foi realizado através de júri popular que, após ouvir a defesa, que defendeu a tese de negativa de autoria e de participação, decidiu em razão da acusação, que apontava tese contrária. Na ocasião, a viúva da vítima contou que o marido era cumpridor de seus deveres e não concordava com a ação de traficantes na área onde tinha organizado seu ponto de mototáxi.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE