Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Projetos sustentáveis do Hospital Galileu recebem menção honrosa do Prêmio Hospital Amigo do Meio Ambiente

 

Projetos sustentáveis do Hospital Galileu recebem menção honrosa do Prêmio Hospital Amigo do Meio Ambiente

Além disso, unidade conquistou a premiação internacional Health Care Climate Challenge

Projetos e iniciativas sustentáveis do Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), em Belém, receberam menção honrosa durante a premiação "Amigo do Meio Ambiente", que aconteceu no 12º Seminário Hospitais Saudáveis, em São Paulo. Ao todo, quatro cases da unidade receberam o reconhecimento, que valoriza as organizações do Sistema Único de Saúde (SUS) que se destacaram por iniciativas de proteção ao meio ambiente e sustentabilidade.

Desde a sua inauguração, em 2014, o HPEG, unidade gerenciada pela Pró-Saúde, prioriza ações, projetos e atitudes voltadas para a preservação ecológica e que garantam o desenvolvimento de uma gestão financeira, social e ambiental.

Além disso, durante o evento a unidade também recebeu o prêmio _“Health Care Climate Challenge”_, sendo um dos cinco hospitais nacionais vencedor do Desafio do Clima pela Rede Global de Hospitais Verdes e Saudáveis _(Global Green and Healthy Hospitals – GGHH)_.  O Hospital Galileu foi reconhecido na categoria de Redução de Gases do Efeito Estufa (Não Energia), entre 117 unidades que participaram com inscrições em todo o mundo. Mais informações estão disponíveis no link: https://www.prosaude.org.br/noticias/hospital-publico-do-para-ganha-premio-global-de-sustentabilidade/

Para a Diretora Hospitalar, Stéphanie Valdívia, essas conquistas vêm fortalecer, ainda mais, o comprometimento do hospital com a sustentabilidade. "É gratificante receber uma premiação dessa importância. Ela servirá, também, como estímulo para continuarmos fazendo a nossa parte com a sociedade, garantindo projetos e ações sustentáveis que preservem o meio ambiente", ressaltou.

Projetos Sustentáveis

Redução de impressos e utilização de bolsas retornáveis pelo setor farmacêutico, sistema de captação de água da chuva para irrigação do jardim e a doação de mantas hospitalares para o projeto "Reescrevendo nossa História", foram os projetos do HPEG que receberam a menção honrosa. Conheça essas iniciativas:

- Redução de impressos:  O projeto teve início no ano de 2017 e buscou a diminuição no uso de papeis A4 pelo setor de enfermagem, substituindo por bobina de papel térmico. Inicialmente, a unidade consumia 68 resmas de papel A4 por mês e, com a introdução do método, o consumo foi reduzido para 16 resmas por mês, resultando em uma economia de, aproximadamente, 1,5 toneladas de papeis.

- Bolsas retornáveis: O projeto consiste na troca das bolsas utilizadas para a entrega de medicamentos entre as enfermarias e foi implantado em Novembro de 2017. Antes, eram utilizadas  bobinas de plástico, sendo necessário 7 delas por mês. Com isso, aproximadamente 120 quilos de plásticos eram descartados após o uso. A utilização das bolsas retornáveis conseguiu reduzir consideravelmente o uso de plástico na unidade. "Apenas no primeiro mês de implantação em todos os setores, o novo sistema de distribuição de medicamento no HPEG reduziu em 50 quilos o consumo de plástico, comparando com o mesmo período no ano anterior", explica a Coordenadora do setor de Farmácia, Jéssica Barbosa.

- Sistema de captação de água da chuva para irrigação do jardim: Em 2019, a equipe de apoio do Hospital Galileu finalizou a construção de um sistema de captação de água da chuva, feito a partir de materiais reutilizáveis como canos de PVC e garrafas de plásticos. A ideia gerou uma grande economia, já que seu mecanismo reutiliza a água da chuva para irrigar o jardim da praça do hospital e, em média, faz a captação de 300 litros de água a cada troca.

- Projeto "Reescrevendo a nossa história" - A doação de mantas hospitalares para o projeto "Reescrevendo a nossa história" é outra ação sustentável oferecida pelo HPEG. Mantas de SMS, utilizadas no centro cirúrgico e que teriam como destino o lixo, são entregues para o projeto social destinado a pessoas que moram em áreas violentas da cidade ou que são egressos de unidades socioeducativos e do sistema penitenciário. Os materiais são utilizados nos cursos de Costura Industrial, Artesanato, Culinária, entre outros. "As mantas de material cirúrgico passaram a auxiliar as alunas nas atividades de coordenação motora e nos produtos que são confeccionados. O material é aproveitado para a produção de bolsas, jogos americanos, lixeira automotivas e diversos outros itens", ressalta o coordenador do projeto, Eduardo Pinto.

Sobre o HPEG

O Hospital Público Estadual Galileu (HPEG) é uma unidade de retaguarda, que atende média e alta complexidades, e presta assistência hospitalar em traumato-ortopedia, clínica médica e cardiologia. O hospital, localizado na Rodovia Mário Covas, nº 2253, é gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, sob contrato de gestão Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (SESPA).

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensora gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE