Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Baterista do Aerosmith processa banda e diz que companheiros dificultam seu retorno

Joey Kramer acusa grupo de obrigá-lo a participar de testes para voltar a tocar, depois de período afastado por lesões em 2019.

 
 -   /
/ /

O baterista do Aerosmith, Joey Kramer, entrou com um processo contra a banda. Ele afirma que seus companheiros estão dificultando seu retorno ao grupo após um período afastado e pede que a Justiça o ajude a voltar a tocar, segundo o site TMZ.

De acordo com a ação, Kramer, um dos membros originais da banda, teve de se afastar após sofrer pequenas lesões no primeiro semestre de 2019.

Para voltar ao grupo, ele diz que os demais – Steven Tyler, Joe Perry, Tom Hamilton e Brad Whitford – pediram que ele gravasse sessões de teste, para determinar se ele "conseguia tocar no nível apropriado".

O baterista diz que isso nunca foi exigido de nenhum outro integrante, e que todos já tiveram de se afastar em algum momento ao longo dos 50 anos de carreira do grupo.

Depois das gravações, seus companheiros o impediram de voltar, afirmando que ele não tinha energia suficiente. Segundo Kramer, se continuar afastado ele deve perder momentos importantes, como a apresentação do Aerosmith na premiação do Grammy, neste domingo (26).

Ele também diz que o stress gerado teve impacto em sua saúde, que resultou em uma internação em novembro de 2019. Ele também teve de pagar o salário de um baterista substituto: US$ 20 mil por semana para apresentações e US$ 10 mil por semana para ensaios.

A banda ainda não se pronunciou a respeito.

Steven Tyler canta no show do Aerosmith no São Paulo Trip — Foto: Celso Tavares/G1 Steven Tyler canta no show do Aerosmith no São Paulo Trip — Foto: Celso Tavares/G1

Steven Tyler canta no show do Aerosmith no São Paulo Trip — Foto: Celso Tavares/G1

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Variedades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE