Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Morte de jovem no bairro Floresta pode ter relação com facções criminosas e tráfico de drogas, diz polícia

Caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios. Jeferson Gomes foi encontrado morto na segunda-feira 10 .

 
 -   /
/ /

A Divisão de Homicídios anda tendo muito trabalho em Santarém, no oeste do Pará, isso porque está se tornando frequente encontrar pessoas mortas na cidade. Na segunda-feira (10) um jovem foi encontrado morto no bairro Floresta e a polícia acredita que o crime pode ter relação com a atuação de facções criminosas e o tráfico de drogas.

A vítima, identificada como Jeferson Gomes Pinheiro era natural de São Paulo e estava há poucos meses no oeste do Pará. Antes de fixar residência em Santarém, o jovem que trabalhava em uma lavagem de carros também passou por Itaituba e Amapá, onde também acumulou passagens pela polícia.

O titular da Divisão de Homicídios, delegado Gilvan Almeida, disse que um grupo de Amapá pode ter relação com a morte do jovem por conta de envolvimentos com a facção e tráfico de drogas. Esse grupo faz parte de uma facção denominada ‘Tudo Três’.

“Essa facção não tem ramificação aqui em Santarém e esses elementos que vieram identificados já tem antecedentes criminais, inclusive possivelmente tem relação com a morte que também estamos investigando no bairro Floresta, que infelizmente também pode ter relação com o tráfico. Eles vêm para cá tentando criar raízes no município e acaba gerando essa guerra entre esses membros”, disse o delegado.

Na semana passada, mais precisamente na sexta (7), três pessoas foram presas pela Polícia Militar, suspeitas de integrar uma facção criminosa do Amapá, que tinha o objetivo de “criar raízes” no oeste do Pará.

Com eles foram a polícia apreendeu uma pistola .40, um revólver calibre 38, R$ 5.405 e vários celulares, além de documentos falsos. Um dos suspeitos estava com mandado de prisão em aberto e usava nome falso.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE