Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Semas autua cinco empresas de extração de seixo do rio Xingu por funcionarem sem licença ambiental

Além dos autos, foram apreendidos 200 m³ de areia e 200 m³ de seixo.

 
 -   /
/ /

O Governo do Pará autuou na última quinta-feira (13) cinco empresas responsáveis por extração de seixo no rio Xingu, sudoeste do Pará. Segundo a Secretaria de Meio Ambiente (Semas) as empresas realizavam a extração do material sem licença ambiental. Além dos autos, foram apreendidos 200 m³ de areia e 200 m³ de seixo.

"Nós flagramos o momento em que o material era retirado do leito do rio para que a carga fosse transferida em balsas até os portos improvisados. A atividade estava sendo exercida sem ser licenciada por um órgão ambiental, o que configura crime ambiental", explicou fiscal da Semas, Elineuza Faria.

Segundo a Semas, além das cargas de areia e seixo, foram apreendidas quatro balsas, seis veículos, sendo quatro do tipo caminhão e dois modelos de pá carregadeiras. O material continuará retido até receber uma destinação final.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE