Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Ao menos 12% dos 28,5 mil infectados por coronavírus na Espanha são profissionais da saúde

Cerca de 3,5 mil casos de Covid-19 no país correspondem a trabalhadores do setor da saúde.

 
 -   /
/ /

As autoridades espanholas reconheceram neste domingo (22) que quase 3,5 mil dos infectados pelo novo coronavírus são profissionais da saúde. O número é cerca de 12% do total de casos de Covid-19 no país ibérico.

  • Últimas notícias de coronavírus de 22 de março
  • Brasileira relata experiência de isolamento em Madri

O representante do Ministério da Saúde a Espanha, Fernando Simón, disse em entrevista coletiva que dos mais de 28,5 mil positivos para coronavírus no país, 3.475 são profissionais do setor da saúde.

"Este é um grande problema para o sistema de saúde. São o grupo populacional de maior risco, isso é óbvio, e temos que assumi-lo" – Fernando Simón, diretor de emergências sanitárias da Espanha.

A rápida disseminação do vírus desafia o sistema de saúde espanhol, que enfrenta uma falta de capacidade de atendimento nas áreas mais afetadas, agravada pelas baixas entre os profissionais da saúde.

O governo anunciou no sábado a distribuição de meio milhão de máscaras adicionais para os profissionais e cerca de 800 mil para pacientes e a compra futura de outros oito milhões para profissionais do setor.

Aumento nas mortes

A Espanha teve um aumento de 30% no número de mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Foram registradas novas 399 mortes. Ao todo, são 1.725 mortes. O número de contaminados também subiu, mantendo o país como o terceiro mais atingido no mundo, atrás de China e Itália.

Na Itália, país com mais mortes por Covid-19 em todo o mundo, e mais de 42 mil confirmações de infecções pelo novo coronavírus, os profissionais da saúde também foram afetados.

Segundo o Instituto Nacional de Saúde da Itália (ISS), ao menos 4.826 trabalhadores entre médicos, enfermeiros e técnicos foram infectados pelo novo coronavírus, isso dá pouco mais de 9% de todas as pessoas infectadas no país pelo Covid-19 são profissionais de saúde.

Pandemia

Ao menos 13 mil pessoas morreram por complicações da Covid-19 em todo o mundo. Um levantamento da universidade norte-americana Johns Hopkins apontou que na manhã de domingo, mais de 307 mil pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus.

A maior parte das mortes mundiais está concentrada na Itália, são mais de 4,8 mil até o momento. O país registrou no sábado um aumento de quase 800 mortes em apenas um dia. A Itália tem mais de 53,5 mil infectados pelo vírus, atrás apenas da China, que desde o início do surto, em dezembro de 2019, acumulou mais de 81 mil casos de Covid-19.

Coronavírus: Itália e Espanha têm o maior número de mortes do continente

Coronavírus: Itália e Espanha têm o maior número de mortes do continente

CORONAVÍRUS

  • Últimas notícias sobre coronavírus

  • VÍDEOS: Coronavírus: perguntas e respostas

  • GUIA ILUSTRADO: sintomas, transmissão e letalidade

  • Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus

  • Quanto tempo o novo coronavírus vive em uma superfície ou no ar?

  • Máscaras servem para proteção contra o novo coronavírus?

  • Como se prevenir do coronavírus?

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE