Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

'''Minecraft Dungeons''' busca novo público para franquia ao trocar construção por magias

Novo game da série, que explora gênero de RPG clássico, chega a PlayStation 4, Xbox One, Switch e computadores nesta terça-feira 26 .

 

11 anos após o lançamento de seus primeiros testes, "Minecraft" continua popular, com mais de 200 milhões de cópias vendidas e 126 milhões de jogadores ativos por mês. Nesta terça-feira (26), o estúdio Mojang, responsável pela série, busca expandir seu público com o lançamento de "Minecraft Dungeons".

Com versões disponíveis para PlayStation 4, Xbox One, Switch e computadores, o game leva a franquia de blocos e construção para o gênero de RPG de masmorras, como o do clássico "Diablo".

A ideia é ir além do público consolidado, formado principalmente por crianças. "No Brasil, por exemplo, temos muitos jogadores mais novos", afirma ao G1 o gerente de marketing de "Minecraft" na Microsoft, Jaime Limón. "Com 'Dungeons', vamos atrair um público mais velho."

Assista ao trailer de 'Minecraft Dungeons

Assista ao trailer de 'Minecraft Dungeons'

Não que isso exclua os jovens. O visual mais simples, baseado em blocos, continua lá, assim como alguns personagens conhecido do jogo clássico, mas as magias e confrontos podem fazer com que pais e filhos dividam aventuras.

"Outra coisa que levamos em consideração são aqueles que gostavam de jogar antes de ter filhos. Esperamos que 'Dungeons' sirva como uma introdução ao gênero. Vocês podem jogar com as crianças. Elas gostam porque é 'Minecraft', você gosta porque tem as masmorras."

'Minecraft Dungeons' leva franquia a masmorras de RPGs — Foto: Divulgação

Adeus, construções

A maior diferença que fãs da série sentirão em "Dungeons" é a ausência da possibilidade de construir ou minerar, parte fundamental do jogo clássico. Mas isso não preocupa os desenvolvedores, uma equipe de 20 pessoas, que apostou na simplicidade da evolução dos personagens para manter seu público.

"Queríamos respeitar o gênero, o tipo de jogo que estamos fazendo, mas ao mesmo tempo a maior prioridade era que fosse divertido. E isso quer dizer que tinha de fácil de jogar, mas ainda com profundidade."

Isso se reflete no sistema de jogo, que abandona conceitos como classes ou raças dos heróis, tão comuns no gênero. Com isso, habilidades são reflexos dos itens escolhidos, que ainda podem ser melhorados ao longo da história.

Tudo em mapas gerados automaticamente pelo sistema do game, para que possa ser jogado repetidas vezes.

'Minecraft Dungeons' leva franquia a masmorras de RPGs — Foto: Divulgação

Segurança para todos

Com um sistema multiplayer local e online para até quatro pessoas, o Mojang sabe que o público mais velho pode trazer um mal comum a games do tipo, a toxicidade. Para evitar expor os mais jovens a riscos como um comportamento agressivo, o estúdio limitou o sistema de multiplayers para possibilitar partidas apenas entre conhecidos.

"Também não vamos ter comunicação por voz, com outras alternativas dentro do jogo para isso. Estamos tomando muito cuidado para que pais continuem se sentindo seguros", diz Limón.

"'Dungeons' vai nos ajudar a expandir para pessoas que talvez não gostem de 'Minecraft'. Sei de muitas que não cresceram jogando o clássico, jogadores mais velhos, que gostam de RPG em masmorras, então acho que esse game vai apresentar esse universo a eles, ao mesmo tempo em que expande a mitologia."

'Minecraft Dungeons' leva franquia a masmorras de RPGs — Foto: Divulgação

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Variedades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE