Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Livro de romance levanta críticas sobre o estilo de vida atual da sociedade

 


Uma rotina recheada de tecnologia, estresse, competitividade empresarial e dias corridos, são fatores essenciais para sérios problemas sociais e de saúde. Buscando alertar os leitores sobre a importância do autocuidado e limites diante do nosso atual estilo de vida, a escritora Kelly Hamiso lança “Rudá”, um livro de romance que traz críticas sobre o ritmo da cidade.

Kelly Hamiso teve a ideia de escrever o livro após passar as férias em uma fazendo no Rio de Janeiro, onde o sinal de internet não é estável. Analisando a diversão das crianças fora dos smartphones — brincando fisicamente e se sujando alegremente —, ela notou como a vida na cidade nos fazem esquecer dos outros meios de entretenimento e do autocuidado, isso devido as inúmeras distrações e prioridades fornecidas pela vida urbana.

Em entrevista, a escritora afirmou que na história levanta fortes críticas, e além disso, introduz a mitologia indígena ao se tratar dos espaços rurais: “Na narrativa explorei o excesso do uso da tecnologia nos dias de hoje, para adultos e crianças; o vício no trabalho causado pela exigência das empresas em bater metas e a competitividade; cultura indígena e entre outros.”

O romance presente no livro envolve o protagonista Marcos Eva, uma mulher da fazenda de opinião forte que percebe ser possível ajudar o homem lidar com suas abstinências e barreiras culturais durante os 30 dias em espaço rural sem acesso à internet.

Publicado em dezembro de 2019 pelo Grupo Editorial Coerência, “Rudá” narra a história de Marcos, um homem sucedido e viciado na vida urbana, passando um tempo na fazenda Arumã após uma suspeita de infarto. Ao lado do filho — também com uma certa dependência da tecnologia — eles aprenderão muito sobre a vida rural, restando uma escolha: voltar para a antiga rotina ou mudar completamente o estilo de vida.


Sobre o livro
Marcos é um homem inteligente, bonito e bem-sucedido. Com apenas trinta e cinco anos, ocupa a cadeira da vice-presidência da construtora Costa Barreto, o que lhe custou alguns sacrifícios pessoais: é divorciado e mal conhece seu filho. Viciado em trabalho e em tecnologia, o jovem executivo segue com sua vida apesar das perdas, até que sua rotina estressante e seus vícios urbanos se mostram capazes de ser fatais. Após a suspeita de um infarto, Marcos e o filho Arthur são obrigados a passar trinta dias na fazenda Arumã sem internet e sem celular.


Em um cenário paradisíaco com pessoas marcantes e seres mitológicos, o empresário se vê diante de um novo mundo. Além de enfrentar a abstinência e as barreiras culturais, terá de encarar Eva, uma mulher de personalidade forte que não abaixa a cabeça para ninguém. Aos poucos, ele vai percebendo que essa realidade tem o potencial de lhe apresentar um novo sentido para o amor e a paternidade, restando-lhe escolher: voltar para sua antiga rotina ou mudar drasticamente seu estilo de vida?


Sobre a autora
Kelly Hamiso nasceu em São Paulo em 1978. Empresária no ramo da indústria de construção civil, descobriu sua vocação para o ofício da escrita aos treze anos, época em que já adorava escrever, criar histórias e personagens. Passou sua adolescência imersa no universo literário: lendo, criando e tomando café. Casada desde os vinte e três anos, adora rock, plantas, shopping e conversar. Tem um fascínio inexplicável pela flor de lótus e pelo Antigo Egito. Passou parte da infância e adolescência compartilhando seus textos com sua amiga Sheila, e hoje encontra seus melhores leitores em seus dois filhos. Rudá é sua terceira publicação e promete emocionar os leitores.


Redes sociais
Instagram: @hamisokelly

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Variedades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE