Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Indígenas Kaiapós voltam a interditar trecho da BR-163 no Pará, apesar de ordem judicial

A estrada chegou a ser liberada por algumas horas durante a tarde desta terça 17 , após a intervenção da PRF. No entanto, após a saída dos agentes, os indígenas bloquearam novamente o trânsito na rodovia.

 
 -   /
/ /

A rodovia BR-163 voltou a ser interditada por indígenas da etnia Kaiapó no final da tarde desta terça-feira (18). A estrada, que estava interditada desde a segunda-feira (17), chegou a ser liberada por algumas horas durante a tarde, após a intervenção da Polícia Rodoviária Federal (PRF). No entanto, após a saída dos agentes, os indígenas bloquearam novamente o trânsito na rodovia.

O trecho da rodovia interditado fica próximo ao município de Novo Progresso, no sudoeste do Pará. O bloqueio foi realizado nos dois sentidos da rodovia, no km 302. Pela manhã, o congestionamento nesse trecho da Santarém-Cuiabá chegou a 10 km de extensão.

Indígenas Kayapós fecham trecho da BR-163 para pedir retomada de fiscalizações em terras indígenas — Foto: Divulgação /PRF

O bloqueio ocorre porque os indígenas querem a retomada das ações do Ibama e da Polícia Federal para expulsar madeireiros e garimpeiros das terras indígenas. Além disso, também cobram estudos ambientais e uma consulta pública para a instalação da ferrovia que vai ligar o Pará ao estado do Mato Grosso, obra que impactaria diretamente essas comunidades.

Na tarde desta terça, agentes da PRF estiveram no local, por ordem da Justiça Federal, para desbloquear a estrada. De acordo com a Justiça, a multa em caso de descumprimento da determinação é R$ 10 mil por dia.

De acordo com a PRF, diversos órgãos públicos federais e estaduais estão atuando nas ações relacionadas à interdição.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE