Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Conheça a proposta vencedora do concurso para o Parque da Cidade, na área do Aeroclube em Belém

Concurso arquitetônico recebeu 85 inscrições de todo país. Projeto vencedor tem uma linguagem arquitetônica contemporânea que respeita o clima local.

 
 -   /
/ /

O Governo do Pará divulgou na segunda-feira (17) a proposta vencedora do concurso para o Parque da Cidade, que será construído na área do Aeroclube, em Belém. A proposta vencedora, Parque Para Todos, foi escolhida por voto popular e tem uma linguagem arquitetônica contemporânea que respeita o clima local.

O concurso nacional arquitetônico recebeu 85 inscrições de todo o Brasil. Destes, 63 foram homologados e 23 foram enviados e analisados pelo júri técnico, sendo oito do Pará; oito de São Paulo; três do Rio de Janeiro; dois do Paraná; um do Rio Grande do Sul e um de Santa Catarina.

Os trabalhos foram avaliados sem identificação. Entre as 23 propostas, o júri técnico escolheu as duas finalistas: a vencedora, Parque Para todos (com 1.750 votos) e Onde a Cultura se fortalece (que recebeu 1.611 votos).

A proposta vencedora tem como autores os arquitetos e urbanistas Carlos Eduardo Murgel Muller, Marcos Bresser Pereira Epperlein, Thiago Santana Maurelio, Eduardo Saguas Muller e Guilherme Henrique Machado Faganello, e o estudante Vitor Martins. A equipe é composta por integrantes das empresas Firma Arquitetura e Dezembro Arquitetos, ambas de São Paulo.

“O projeto vencedor atendeu ao termo de referência em relação aos equipamentos públicos, a análise urbanística do entorno tem uma série de informações muito precisas e bem analisadas. Ele traz um zoneamento em que vários ambientes, incluindo as edificações propostas, que estão dispostas de maneira bastante harmônica, tanto com as demandas em relação à presença da água, como espécies vegetais nativas da Amazônia, formando um conjunto coeso que vai atrair muito interesse das pessoas pela diversidade de formas, de cores e de texturas, que as várias composições vegetais trazem", explicou o coordenador do certame, José Júlio Lima.

O governo agora segue nas tratativas com o Ministério da Infraestrutura, com a Infraero, por meio da Secretaria de Aviação Civil, para a transferência das operações do Aeroporto Brigadeiro Protásio para o Aeroporto Internacional de Val-de-Cans, que vai receber uma intervenção feita pelo governo do Estado para que seja instalada de maneira provisória a operação nesse espaço, até que a área final seja definida pelo Ministério da Infraestrutura.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE