Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Em cumprimento a Termo de Ajuste proposto pelo MPPA, CAPS é implantado em Juruti

Centro de Atenção Psicossocial deve atender pessoas com problemas psíquicos decorrentes de transtornos mentais, abuso de álcool e outras drogas.

 
 -   /
/ /

Em cumprimento ao Termo de Ajuste de Conduta (TAC), firmado com a Prefeitura de Juruti, no oeste paraense, foi inaugurado na sexta-feira (14) o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS I). O TAC foi proposto pelo promotor de Justiça, Rafael Dal Ben, e assinado em junho de 2019, concedendo prazo de um ano para a implantação.

O TAC foi firmado com o objetivo de organizar a Rede de Atenção Psicossocial em Juruti para garantir a inclusão desses pacientes, uma vez que o município não dispunha do serviço. O promotor de Justiça de Juruti, Thiago Ribeiro Sanandres, conduziu as tratativas para a implantação, com realização de reuniões e teleconferências.

O CAPS deve atender portadores de transtornos mentais que estejam com alta hospitalar e sem vínculos familiares ou sociais que possibilitem a reinserção na sociedade.

A Lei 10216/2001 criou um novo modelo de atenção à saúde mental, se tornando direito da pessoa com transtornos mentais ser tratada em ambientes terapêuticos pelos meios menos invasivos possíveis, em casos de internação, quando houver indicação de alta e a pessoa não possuir suporte social ou laços familiares que possibilitem sua reinserção, deve ser ofertado um serviço de residência terapêutica.

O Centro está localizado na avenida Aluirson Roso da Fonseca, S/N, Bairro São Marcos, com capacidade de 20 a 30 atendimentos diários. De acordo com o projeto elaborado pelo setor técnico da Secretaria Municipal de Saúde de Juruti, o CAPS funcionará das 8h às 18h, em dois turnos e cinco dias por semana.

CAPS I

Espaço conta com áreas de convivência — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O espaço conta com salas de acolhimento, espera, salões para atividades internas, consultórios, posto de enfermagem, farmácia, áreas externas para atividades coletivas, refeitório e copa.

No local, estarão disponíveis atendimentos multiprofissionais, acolhimento e acompanhamento clínico. Os serviços serão disponibilizado para os pacientes que forem encaminhados pelas Unidades de Saúde (UBS), Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e demandas espontâneas.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE