Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLICIA

MEDO: sentimento bom ou ruim?

 

O medo faz parte do que chamamos de emoções básicas do ser humano, juntamente com a alegria, tristeza, raiva e nojo. Cada uma dessas emoções tem uma função de adaptação para o nosso organismo, sendo todas muito importantes, apesar de algumas serem desagradáveis de se experimentar.
Quando nosso cérebro identifica uma situação de risco, real ou imaginário, ele desencadeia respostas emocionais, cognitivas, fisiológicas e comportamentais em nosso organismo.
O medo tem a função de acionar um estado de alerta, gerando a necessidade de uma avaliação mais detalhada da situação, a fim de averiguar qual a reação apropriada: enfrentar ou evitar. A atenção fica mais desperta e aciona toda a fisiologia para enfrentar ou evitar o “perigo”. O problema, então, não é sentir medo, isso é esperado e normal para todo ser humano. O problema começa quando a tendência deixa de ser o enfrentamento e predomina a evitação.
Assim, por temer que algo ruim aconteça, podemos deixar de ir a vários lugares, evitar iniciar ou manter novos relacionamentos, recusar oportunidades de trabalho por receio de não corresponder às expectativas, desenvolver problemas para dormir, para se alimentar, dentre outras tantas possibilidades.
Como você tem enfrentado as situações de estresse? Observe se tem predominado a evitação ou o enfrentamento e, caso perceba algum prejuízo em alguma área de sua vida, procure ajuda profissional.

Aline Resende
Psicóloga coordenadora do Serviço de Psicologia da DPSS

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE