Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

POLICIA

Polícia Civil faz buscas em fábrica de doces em Anápolis; mercadoria era vendida fora dos padrões de consumo

 

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra o Consumidor (Decon), deu cumprimento a mandado de busca e apreensão nessa quarta-feira (19), na sede de uma empresa que funcionava no Setor Jaiara, em Anápolis. As buscas foram feitas com apoio de fiscais da Agrodefesa e resultaram na apreensão de mais de uma tonelada de doces produzidos em desacordo com as normas regulamentares. A empresa foi multada e o empresário responderá pela prática de crime contra as relações de consumo, que prevê pena máxima de prisão de até 05 anos. O local tinha espaços sem qualquer higiene, muito sujos, funcionando em desacordo com as normas sanitárias.

A Agrodefesa já havia tentado fiscalizar este comércio, porém, a entrada dos fiscais foi impedida, o que ensejou a ação policial de hoje amparada por mandado judicial. O órgão chegou a apreender produtos e determinou sua inutilização, mas a empresa não efetuou a destruição dos produtos e ainda admitiu que os colocou novamente à venda nas prateleiras. Por isso, acabou também autuada administrativamente pela Agrodefesa.

Na mesma ocasião, um segundo estabelecimento, sediado na mesma rua, também foi fiscalizado. No local também foram encontrados doces sendo produzidos em desacordo com a lei. O proprietário também responderá pela prática de crime contra as relações de consumo. Não foram efetuadas prisões, porém, os investigados serão autuados em inquérito policial.

 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE