Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Ex-vice-presidente do Paraguai é sequestrado

Dentro do carro de Oscar Denis foram encontrados panfletos do grupo armado Exército do Povo Paraguaio.

 
 -   /
/ /

O ex-vice-presidente do Paraguai Oscar Denis, de 74 anos, foi sequestrado na tarde de quarta-feira (9) no departamento Concepción, a cerca de 500 km a nordeste de Assunção.

O presidente Mario Abdo Benítez foi até a região para acompanhar as investigações, de acordo com o jornal “ABC Color”.

O veículo do ex-presidente foi encontrado por funcionários de sua fazenda com as portas abertas e panfletos do autodenominado Exército do Povo Paraguaio (EPP) em seu interior, na estrada que leva à sua propriedade, conhecida como Tranquerita. O EPP é um pequeno grupo armado de esquerda que atua no país desde 2008.

O carro foi deixado a cerca de 20 km do local onde ocorreu o confronto do grupo armado com a Força Tarefa Conjunta (JTF), em 2 de setembro. O conflito resultou na morte de duas meninas de 11 anos, supostamente filhas dos dois principais líderes do EPP.

Nesta quarta-feira, os senadores recebiam em sessão reservada um relatório do Executivo sobre o caso da morte das meninas, quando foi anunciada a notícia do sequestro. A sessão foi interrompida abruptamente, de acordo com a France Presse.

"Obviamente, é a primeira reação deste grupo criminoso", disse o ex-presidente do Paraguai Federico Franco (2012-2013), de quem Denis foi vice-presidente, referindo-se a uma possível vingança pela morte das meninas.

O EPP é uma divisão do partido político de esquerda "Pátria Livre", que participou das eleições há 20 anos. Mais de 50 assassinatos, incluindo de policiais e militares, são atribuídos ao grupo, além de mais de uma dezena de sequestros.

Veja vídeos das principais notícias internacionais:

20 vídeos Novo incêndio no porto de Beirute deixa capital do Líbano em alerta AstraZeneca afirma que aguarda orientação pra saber se poderá retomar testes da vacina Uma das líderes de oposição ao governo de Belarus diz que ameaçaram matá-la

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Mundo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE