Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Duas pessoas são presas pela PF em investigação de comércio irregular de ouro em Itaituba

A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão expedido pela Vara Federal Cível e Criminal de Itaituba, na sede de uma empresa que comercializa ouro.

 
 -   /
/ /

Durante operação deflagrada pela Polícia Federal de Santarém nesta quinta-feira (9), em investigação de comércio irregular de minério de ouro, com foco em uma prática conhecida como "esquentamento do ouro", duas pessoas foram presas em flagrante em Itaituba, sudoeste do Pará: um garimpeiro pela tentativa de venda de ouro sem documentação e o gerente da loja onde foi apreendido ouro sem a devida documentação.

A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão expedido pela Vara Federal Cível e Criminal de Itaituba, na sede de uma empresa que comercializa ouro na cidade.

Material apreendido em empresa que comercializa ouro em Itaituba — Foto: PF/Divulgação

Os agentes encontram 227 gramas de ouro dentro da empresa, dos quais o gerente só consegui apresentar a nota fiscal para 70 gramas. Com o garimpeiro preso foram apreendidos os 10 gramas de ouro que ele tentara vender.

De acordo com a PF, também foram apreendidos 5 computadores do tipo laptop, alguns HDs de computadores pertencentes à empresa, um celular e vasta quantidade de documentos que serão periciados e analisados no curso da investigação.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE