Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Uruguaios fazem 1ª eleição na América do Sul em meio à pandemia

Cerca de 2,6 milhões de pessoas foram às urnas para eleger governadores, prefeitos, vereadores e membros de conselhos legislativos locais. Eleitores só puderam tirar a máscara no momento de se identificar aos mesários.

 
 -   /
/ /

Os uruguaios fizeram neste domingo (27) a primeira eleição na América do Sul em meio à pandemia de Covid-19. Cerca de 2,6 milhões de pessoas foram às urnas para eleger governadores de 19 departamentos do país, além de prefeitos, vereadores e membros dos 19 conselhos legislativos locais.

As eleições estavam marcadas para maio, mas tiveram que ser adiadas por conta da pandemia.

O correspondente da GloboNews para a América Latina, Ariel Palacios, conta, no vídeo acima, que uma das determinações das autoridades foi para que os eleitores só retirassem a máscara no momento de se identificar para os mesários.

O governo também pediu aos uruguaios para evitar comemorações, após a divulgação do resultado, no final da noite deste domingo.

Imagem mostra a pintura, em uma parede, da bandeira do Uruguai. — Foto: David Peterson/Pixabay

Nesta eleição, a atenção está voltada para a capital, Montevideo, onde vive mais de um terço da população (1,3 dos 3,4 milhões de habitantes). Tudo indica que a esquerda, representada pela Frente Ampla (FA), será reeleita mais uma vez, como acontece ininterruptamente desde 1990.

A engenheira Carolina Cosse lidera as pesquisas de intenção de voto dentro do FA, seguida pelo neurocirurgião Álvaro Villar e o engenheiro e ex-governador Daniel Martínez, que vai tentar a reeleição.

A coalizão de governo, portanto, está representada na candidatura única da economista Laura Raffo, que supera os frenteamplistas individualmente, mas não alcança os números dos três somados.

Como nas eleições departamentais uruguaias vence o candidato mais votado do partido mais votado, a vitória da esquerda é praticamente inevitável, segundo a Reuters, já que as pesquisas mostram que os três candidatos frentistas reúnem entre 50% e 54% das intenções de voto, contra entre 37% e 40% de Raffo.

Vídeos: veja mais notícias sobre Mundo

20 vídeos Comitê da Olimpíada de Tóquio tem plástico necessário para confecção de todos os pódios Juiz dos EUA barra temporariamente decisão do governo Trump de proibir downloads do TikTok Armênia declara lei marcial em meio a tensão na fronteira com o Azerbaijão

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Mundo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE