Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Mais de 6 milhões já votaram nas eleições dos EUA; instituto prevê comparecimento recorde

Com a pandemia, milhões de eleitores anteciparam os votos, prática permitida nos EUA e que gera polêmica entre os candidatos Joe Biden e Donald Trump.

 
 -   /
/ /

Os norte-americanos estão correndo em um ritmo sem precedentes para votar de forma antecipada nas eleições marcadas para 3 de novembro, como mostram os primeiros números do processo eleitoral. Os dados indicam um possível comparecimento recorde para a disputa entre o presidente Donald Trump, do Partido Republicano, e seu desafiante, o democrata Joe Biden.

Com menos de quatro semanas para o dia da eleição, mais de 6,6 milhões de norte-americanos já votaram — número dez vezes maior do que a mesma época em 2016, de acordo com o Projeto de Eleições dos Estados Unidos, que compila dados de votações antecipadas.

A mudança tem sido empurrada por uma expansão nos votos antecipados por correspondência em muitos estados como uma maneira segura de votar durante a pandemia do coronavírus. Esse método é bastante criticado por Trump e poderá ter reflexos no ritmo da contagem final dos votos (saiba mais no vídeo abaixo).

Votação pelo correio deve dificultar apuração do resultado da eleição americana

Votação pelo correio deve dificultar apuração do resultado da eleição americana

Outro motivo para o alto comparecimento antecipado seria uma maior disposição em participar das decisões sobre o futuro político de Trump, afirmou Michael McDonald, da Universidade da Flórida, que administra o projeto.

"Nós nunca vimos tantas pessoas votando tão antecipadamente antes de uma eleição", disse McDonald em entrevista no início da semana.

"As pessoas fazem seus votos quando tomam suas decisões, e sabemos que muitas pessoas já se decidiram há muito tempo e já possuem um julgamento sobre Trump."

Maior comparecimento em mais de 100 anos

Eleitores vão às urnas em Arlington, na Virgínia, nesta sexta (18), início da votação antecipada das eleições dos EUA — Foto: Al Drago/Reuters

A alta nas antecipações fez McDonald prever um comparecimento recorde de cerca de 150 milhões de votos, representando 65% dos eleitores registrados, a maior taxa de comparecimento desde 1908.

Biden lidera a corrida nas pesquisas de intenção de votos. No entanto, a votação nos EUA depende do desempenho em cada estado, e há disputas acirradas entre alguns eleitorados como a Flórida que tornam o pleito ainda indefinido.

VÍDEOS: eleições nos EUA 2020

20 vídeos Segundo debate entre Trump e Biden gera polêmica após comissão sugerir encontro virtual Departamento de Justiça dos EUA muda regra sobre investigação de fraude eleitoral Trump diz que não vai participar do debate virtual da próxima semana

ELEIÇÕES NOS EUA 2020

  • Veja o calendário eleitoral

  • Como funciona a eleição

  • Trump x Biden

  • Polêmica dos votos por correio

  • Primeiro debate entre Biden e Trump

  • Debate entre Kamala Harris e Mike Pence

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Mundo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE