Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Você viu? Prêmio Nobel, frases de presidentes, despedida no STF, onda de calor, Mega-Sena, luto no rock e mais

Leia seleção de reportagens publicadas no G1 com as notícias de 5 a 9 de outubro.

 
 -   /
/ /

O Nobel vai para... elas!

Esta semana foram anunciados os premiados de cinco categorias do Prêmio Nobel 2020. A francesa Emmanuelle Charpentier e a americana Jennifer A. Doudna ganharam a láurea em Química pelo desenvolvimento do Crispr, método de edição do genoma. É a primeira vez na história que duas mulheres ganham, juntas, o Nobel de Química. E elas não foram as únicas premiadas este ano!

Emmanuelle Charpentier e Jennifer A. Doudna, vencedoras do Nobel de Química de 2020 em foto de 2015 na Espanha. — Foto: Miguel Riopa / AFP

Andrea Ghez, professora na Universidade da Califórnia em Los Angeles (EUA), ficou entre os vencedores da láurea em Física por descobertas sobre buracos negros, um lugar no espaço onde a gravidade é tão forte que nem a luz consegue escapar dela. “Espero poder inspirar outras jovens mulheres para uma área que tem tantos prazeres, se você tem paixão pela ciência. Há muito para ser feito", declarou a cientista.

Já o Nobel de Literatura 2020 foi para a poeta americana Louise Glück. Sem livros publicados no Brasil, Glück é conhecida pela precisão técnica, sensibilidade e uma obra sobre solidão, relações familiares, divórcio e morte.

  • PREMIADOS: Saiba tudo sobre o Prêmio Nobel e quem foram os vencedores de 2020
  • WEBSTORIES: Confira histórias e curiosidades do Nobel
  • LEIA TAMBÉM: Mulheres somam apenas 5% dos vencedores do Prêmio Nobel desde 1901
  • Leia poemas traduzidos de Louise Glück, vencedora do Prêmio Nobel de Literatura 2020

O que os presidentes têm a dizer

Durante um pronunciamento no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que “acabou” com a operação Lava-Jato porque, no atual governo, não há corrupção a ser investigada.

'Eu acabei com a Lava Jato porque não tem mais corrupção no governo' diz Bolsonaro

'Eu acabei com a Lava Jato porque não tem mais corrupção no governo' diz Bolsonaro

"Eu desconheço um lobby para criar dificuldade para vender facilidade. Não existe. É um orgulho, é uma satisfação que eu tenho, dizer a essa imprensa maravilhosa que eu não quero acabar com a Lava Jato. Eu acabei com a Lava Jato, porque não tem mais corrupção no governo. Eu sei que isso não é virtude, é obrigação”, afirmou.

  • Andréia Sadi: Fala de Bolsonaro sobre Lava Jato faz parte de operação para 'apagar' Moro para 2022

Enquanto isso, nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump deixou o Centro Médico Militar Walter após receber alta de seu tratamento para Covid-19. Ele ainda não está completamente curado e contará com os cuidados de uma equipe médica disponível durante 24 horas.

Da Casa Branca, Trump publicou um vídeo em que diz: "Não deixe isso dominar você. Não tenha medo [da Covid-19]". A Covid-19 matou mais de 210 mil pessoas nos Estados Unidos, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins.

Donald Trump deixa o Centro Médico Militar Walter Reed, em Washington, nesta segunda (5) — Foto: Evan Vucci/AP

Além disso, a comissão que organiza os debates entre os dois principais candidatos a presidente nos EUA, Joe Biden e Donald Trump, anunciou que o segundo confronto entre eles será feito remotamente. O encontro está agendado para o dia 15 de outubro. No entanto, Trump se recusa a participar de um debate virtual.

"Eu não vou perder meu tempo com um debate virtual, essa não é a ideia de um debate. Senta-se atrás de um computador e se debate, é ridículo. Isso não é aceitável para a gente", disse ele.

  • Debate dos vices teve clima mais tranquilo e cordial

Despedida no STF

O ministro Celso de Mello participou da sua última sessão plenária antes de se aposentar na próxima terça-feira (13). Ele votou em julgamento no Supremo Tribunal Federal a favor de que Jair Bolsonaro preste depoimento presencial — e não por escrito — no inquérito que tramita na Corte sobre suposta interferência do presidente na Polícia Federal.

Celso de Mello:"Ninguém, nem mesmo o chefe do Poder Executivo, está acima da Constituição"

Celso de Mello:"Ninguém, nem mesmo o chefe do Poder Executivo, está acima da Constituição"

O ministro disse que, “não obstante a posição hegemônica do Poder Executivo, o presidente também é súdito das leis como qualquer outro cidadão desse país”. Segundo Celso de Mello, o depoimento escrito é “verdadeiro privilégio” e deve ser dado tratamento isonômico aos investigados, lembrando que Sergio Moro foi interrogado presencialmente.

“Ninguém, absolutamente ninguém, tem legitimidade para transgredir e vilipendiar as leis e a Constituição de nosso país. Ninguém, absolutamente ninguém, está acima da autoridade do ordenamento jurídico do Estado brasileiro”, afirmou o ministro.

  • LEIA TAMBÉM: Homenageado no STF, Celso de Mello diz ter fé na independência da Corte em tempos 'nebulosos'

Ensino à distância ou presencial?

O Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou uma resolução que possibilita a redes de ensino da educação básica unirem os anos letivos de 2020 e 2021 quando forem reabrir as escolas. O texto também permite que seja adotado o ensino remoto até o final de 2021.

Entenda o que é o ano letivo unificado

Entenda o que é o ano letivo unificado

Segundo um levantamento feito pelo G1, até o momento são oito redes estaduais no país que têm uma data definida para reabrir as escolas em 2020: Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

  • LEIA TAMBÉM: Reprovar todos os alunos, aprová-los automaticamente ou discutir cada caso? Veja alternativas em ano de pandemia
  • Vaquinha bate meta e arrecada quase R$ 40 mil para pai que pedala 28 km toda semana para buscar tarefas dos filhos: 'Vai melhorar nossa vida'

Socorro... que calor é esse?

Setembro de 2020 foi o mês mais quente já registrado, com temperaturas excepcionalmente altas na Sibéria, no Oriente Médio e em partes da América do Sul e da Austrália. Sabe por quê? Resultado de uma tendência de aquecimento de longo prazo causada por emissões de gases que retêm o calor, como os incêndios na Califórnia, e inundações na Ásia, segundo cientistas. Os efeitos foram sentidos no Ártico também.

Nascer do sol na Praia Vermelha, Zona Sul do Rio — Foto: Marcos Serra Lima/G1

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) chegou a fazer um alerta para o perigo de morte por hipertermia em partes do Centro-Oeste e do Sudeste, além de áreas do estado do Tocantins. As regiões estiveram com temperaturas 5ºC acima da média por mais de cinco dias consecutivos.

O estado de São Paulo registrou a maior temperatura dos últimos 87 anos, nesta quarta-feira (7), segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O recorde histórico foi marcado em Lins, cidade do interior paulista, com 43,5ºC.

A chegada de uma frente fria na sexta-feira (9) deu uma trégua na temperatura, trazendo chuvas e diminuindo as temperaturas no Sudeste, Sul e parte do Centro-Oeste.

  • WEBSTORIES: Entenda o 'calorão' pelo Brasil
  • Confira a previsão do tempo para a sua cidade

Recorde de queimadas

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), 14% da área do Pantanal foi queimada apenas em setembro deste ano. O número já supera a área de todo o ano de 2019 e é a maior devastação anual do território causada pelo fogo desde o início das medições, em 2002, pelo governo federal.

A área atingida no ano chega a quase 33 mil km², que equivale à soma do território do Distrito Federal e de Alagoas.

Sobre as queimadas, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse em audiência no Senado, na sexta-feira (9), que o boi é o "bombeiro do Pantanal" e que, se tivesse mais gado no bioma, o "desastre" na região poderia ter sido menores.

“O boi é o bombeiro do Pantanal, porque é ele que come aquela massa do capim, seja ele o capim nativo ou o capim plantado, que foi feita a troca, é ele que come essa massa para não deixar como este ano nós tivemos. Com a seca, a água do subsolo também baixou os níveis. Essa massa virou um material altamente combustível", completou Tereza Cristina.

  • Ambientalistas explicam por que 'boi bombeiro' e 'reservas incendiárias' no Pantanal, citados por Salles, são mito
  • REAÇÃO: Europeus indicam que acordo com Mercosul não sai sem mudanças na agenda ambiental
  • Acumulado de focos de incêndio na Amazônia de janeiro a setembro é o maior desde 2010, indicam dados do Inpe
  • FOTOS: Araquém Alcântara registra fuga de animais e destruição
  • SATÉLITES: Entenda como funcionam satélites que monitoram desmatamento na Amazônia

Eleições 2020

A pesquisa Datafolha divulgou na quinta-feira (8) os percentuais de intenção de voto para a prefeitura de quatro capitais. Veja o resultado de pesquisa eleitoral em SP, Rio, Belo Horizonte e Recife.

  • Da boca do candidato: Saiba o que pensam os candidatos à prefeitura sobre diversos temas – em frases ditas ao longo da campanha
  • Eleição em números: Menos de 1% dos municípios do Brasil tem só mulheres na disputa pela prefeitura
  • Sem voto em 2016, quase mil mulheres voltam a se candidatar nestas eleições
  • Dona de casa é a ocupação com a maior queda nas eleições 2020; empresários, advogados e técnicos de enfermagem crescem

Essa foi por pouco!

Tubarão é visto a poucos centímetros de surfista em Ballina, na Austrália — Foto: Reprodução/Facebook surflifesavingnsw

Um drone que sobrevoava o mar para um monitoramento de rotina na praia de Sharpes, em Ballina, na Austrália, pode ter sido a salvação do surfista profissional Matt Wilkinson. Ele contou que enquanto estava sozinho na água ouviu um barulho, mas não conseguiu ver nada ao seu redor.

Até que o drone desceu e deu o alerta de que havia um tubarão perigoso na área. Ao retornar à areia, o surfista assistiu às imagens capturadas pelo equipamento e ficou impressionado com a distância que estava do animal.

Já aqui no Brasil, uma sucuri foi vista cruzando a estrada em Ituverava (SP) por um estudante de medicina veterinária. Na imagem, Antônio Stábile dos Santos flagrou a passagem da fêmea e de outras cinco cobras que a seguiam. Segundo especialistas, a cena revela o comportamento curioso de acasalamento da espécie. O estudante comentou que a cobra tinha entre seis e sete metros aproximadamente.

Sucuri de mais de 5 metros cruza estrada em Ituverava (SP) e é seguida pelos machos

Sucuri de mais de 5 metros cruza estrada em Ituverava (SP) e é seguida pelos machos

  • LEIA TAMBÉM: 'Ela é muito rápida', diz estudante de veterinária que flagrou sucuri sendo perseguida por machos em Ituverava, SP

Quem quer ser um MI-LI-O-NÁ-RIO?!

Loteria de Abreu e Lima onde foi feita aposta que levou prêmio de R$ 103 milhões tem fila nesta quinta-feira (8) — Foto: Jundy Leal/TV Globo

Uma aposta simples, de seis números, ganhou o prêmio de R$ 103.029.826,38 do concurso 2.306 da Mega-Sena, realizado na quarta-feira (7), segundo a Caixa Econômica Federal. A aposta que levou mais de R$ 103 milhões foi feita na cidade de Abreu e Lima, no Grande Recife.

Ainda não se sabe se a aposta ganhadora foi de um único apostador ou em grupo. Porém, a loteria da cidade teve um grande movimento de pessoas na manhã seguinte ao sorteio. Todos especulavam o que fazer com tanto dinheiro.

  • Super Sete: saiba como funciona nova modalidade de loteria

Luto na arte

Eddie Van Halen, em foto de fevereiro de 2012 — Foto: Kevin Winter/Getty Images North America/Getty Images Via AFP/Arquivo

O mundo do rock se despediu esta semana de Eddie Van Halen, o lendário guitarrista e fundador da banda Van Halen. Ele morreu aos 65 anos depois de uma longa luta contra um câncer na garganta.

  • Veja fotos da carreira de Eddie Van Hallen

No meio pop, outro astro americano disse adeus aos fãs. Johnny Nash, cantor e compositor conhecido pelo sucesso "I can see clearly now", morreu aos 80 anos em sua casa nos Estados Unidos. A causa da morte não foi divulgada.

Johnny Nash, cantor de 'I can see clearly now', morre aos 80 anos

Johnny Nash, cantor de 'I can see clearly now', morre aos 80 anos

Na sexta-feira (9), morreu o ator e diretor Cecil Thiré, aos 77 anos, no Rio de Janeiro. Ele sofria do Mal de Parkinson e morreu de causas naturais, segundo familiares. Cecil era filho da atriz Tônia Carrero.

O ator Cecil Thiré, morto na sexta-feira (9), como Adalberto em 'A próxima vítima' — Foto: Acervo TV Globo

Em sua longa carreira, o ator dirigiu "Os Mendigos", seu primeiro curta-metragem, aos 19 anos. Thiré trabalhou por muitos anos na Globo e participou de novelas como "O Espigão", "Sol de Verão" e "Top Model".

  • VÍDEO: Reveja momentos da carreira do ator Cecil Thiré

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Mundo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE