Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Manuela D’ávila e Sebastião Melo disputam segundo turno em Porto Alegre

A apuração na gaúcha foi marcada pela demora na divulgação dos resultados; contagem dos votos terminou pouco antes das 23h

 

Sebastião Melo (MDB) e Manuela D’ávila (PC do B) vão disputar o segundo turno em Porto Alegre. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o emedebista obteve cerca de 31% dos votos válidos e Manuela 29%. 

Houve atraso na apuração dos resultados em Porto Alegre e a contagem dos votos terminou pouco antes das 23h. De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-RS), a demora na divulgação foi motivada por uma troca no sistema de apuração, com a necessidade de os votos serem centralizados no TSE, em Brasília, onde há uma grande sobrecarga de dados oriundos das mais de 5 mil cidades.

A eleição deste ano na capital gaúcha contou com 12 candidatos à prefeitura. Nelson Marchezan Júnior (PSDB) ficou em  terceiro lugar, com aproximadamente 21% dos votos válidos. Os outros candidatos registraram porcentagens abaixo dos 7%.

Um candidato pode ser substituído antes da eleição?

O estado não registrou ocorrências por prisões durante a votação. Por outro lado, foi o que mais teve urnas substituídas na região Sul do País. Foram trocados 339 dos mais de 23,7 mil equipamentos de votação.

Florianópolis foi a primeira capital brasileira a definir a disputa neste ano. Com 100% das urnas apuradas às 19h50, Gean Loureiro (DEM) foi reeleito com 53,46% dos votos. Em Curitiba, Rafael Greca (DEM) foi reeleito para comandar a capital paranaense pela terceira vez, conseguindo 59,74% dos votos.

Segundo Turno

Manuela D’ávila começou sua carreira política no movimento estudantil e depois ingressou na política partidária. Foi a vereadora mais jovem da história de Porto Alegre, eleita em 2004. Foi eleita deputada federal em 2006 e reeleita em 2010, alcançando recordes de votação.

Ela já concorreu à prefeitura da capital gaúcha duas vezes, em 2008 e 2012. Em 2014, foi eleita deputada estadual com a maior votação para o cargo naquele ano. Em 2018, foi candidata a vice-presidente na chapa de Fernando Haddad (PT), ficando em segundo lugar. 

Sebastião Melo tornou-se vereador de Porto Alegre pela primeira vez em 2000 e foi reeleito em 2004 e 2008, presidindo a Câmara Municipal em seu último mandato. Foi vice-prefeito em 2012 e foi candidato a prefeito em 2016, perdendo a disputa em segundo turno para seu adversário Nelson Marchezan Júnior. Nas eleições de 2018, foi eleito deputado estadual no Rio Grande do Sul, cargo que ocupa atualmente. 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE