Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Suspeito de atirar em artista plástico se apresenta à polícia em Santarém; testemunhas serão ouvidas

Inquérito policial foi instaurado para investigar o caso. O homem apresentou a arma, prestou depoimento e foi liberado.

 
 -   /
/ /

O homem suspeito de atirar no artista plástico Apolinário Oliveira, em Santarém, no oeste do Pará, se apresentou à polícia na quarta-feira (17). Um inquérito foi instaurado para investigar as causas do crime que aconteceu no domingo (15) durante as comemorações de um candidato eleito vereador.

Ao G1, a Polícia Civil informou que o suspeito foi ouvido, e que testemunhas também devem ser intimadas a prestar depoimento, assim como imagens de circuito interno do local do crime deverão ser solicitadas para subsidiar o inquérito.

“Faltam ser ouvidas outras pessoas. A vítima, quando tiver alta, também será ouvida”, disse o diretor da 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil, delegado Germano do Vale.

Ainda de acordo com a polícia, o homem que teria atirado em Apolinário Oliveira compareceu à delegacia acompanhado de advogado e também apresentou a arma que foi utilizada no crime.

“Por mais que tenha registro em seu nome, ele tinha somente a posse e aí será instruído o inquérito que será encaminhado à justiça”, contou Germano.

A polícia informou ainda que o suspeito foi ouvido e depois liberado em razão do crime já ter saído do do estado de flagrante.

“Também estamos vivendo os dias antes e depois das eleições em que eleitores não podem ser presos, se não em flagrante delito, ou então por sentença condenatória irrecorrível em crimes hediondos”, completou Germano do Vale.

  • Artista plástico é baleado durante comemorações de candidato a vereador eleito em Santarém

Suspeito de atirar em artista plástico em Santarém se apresenta à polícia

Suspeito de atirar em artista plástico em Santarém se apresenta à polícia

O crime

O artista plástico Apolinário Oliveira foi baleado na noite de domingo (15) em um hotel localizado no bairro Liberdade enquanto comemorava a eleição do candidato a vereador, Aguinaldo Promissória.

Minutos após ser atingido, a própria vítima divulgou áudios em grupos de WhatsApp informando sobre o caso. Apolinário disse no áudio que pessoas que estavam no local sabiam quem tinha o atirado, mas que os mesmos não queriam revelar a identidade do suspeito.

Imagem do artista plástico após baleamento circulou nas redes sociais — Foto: Redes sociais

Ainda no áudio, Apolinário disse que estava muito mal e perdendo muito sangue.

Quadro de saúde

À produção da TV Tapajós, o Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo informou que Apolinário Oliveira passou por procedimento cirúrgico para identificar o projétil e retirá-lo.

A vítima está sendo acompanhado por médicos de duas especialidades e segue internado. O quadro de saúde é considerado estável.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE