Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Países emergentes pressionam a OMC para suspender patentes de vacinas e remédios para a Covid

Índia e África do Sul retomarão proposta na reunião da Organização Mundial do Comércio desta sexta-feira 20 ; países ricos e indústria temem que a suspensão possa afetar investimentos na área de inovação.

 
 -   /
/ /

Um grupo de países em desenvolvimento, liderado pela África do Sul e Índia, deve pressionar a Organização Mundial do Comércio (OMC) nesta sexta-feira (20) para autorizar uma suspensão das patentes de vacinas e medicamentos contra a Covid-19.

A proposta – apresentada pela primeira vez ao Conselho de Propriedade Intelectual da entidade no fim de outubro – é questionada por países desenvolvidos porque, segundo eles, a medida impediria o desenvolvimento de novas tecnologias e inovação na área da saúde.

  • ESPECIAL: Conheça as candidatas a vacina para a Covid-19
  • Vacina de Oxford contra Covid é segura para idosos
  • Pfizer diz ter proposta para vacinar milhões de brasileiros no 1º semestre

O porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tarik Jasarevic, disse ao G1 que a agência de Saúde das Nações Unidas apoia "qualquer tipo de ação" tomada pelos países para reduzir as barreiras no acesso às vacinas.

“A OMS apoia que países explorem diferentes ferramentas para reduzir potenciais barreiras para o acesso a medicamentos e vacinas, incluindo as patentes", disse Jasarevic.

Uma candidata à vacina contra o coronavírus da Sinovac Biotech é vista em seu estande durante a Feira Internacional de Comércio de Serviços da China (CIFTIS) em Pequim, no sábado (5) — Foto: Tingshu Wang/Reuters

Impacto em países pobres

Representantes da África do Sul já disseram estar dispostos a tentar avançar com a aprovação do assunto, ainda que não seja unanimidade entre os membros da OMC. Normalmente, as decisões tomadas pelo conselho são feitas sob consenso.

Os países em desenvolvimento alegam que, caso não haja uma suspensão dos direitos de propriedade intelectual nestes produtos médicos, países mais pobres serão impactados de forma desproporcional e podem encontrar dificuldades no abastecimento.

Estudiosos tentam desenvolver vacina contra coronavírus. — Foto: CDC/Unsplash

O G1 entrou em contato com o Itamaraty e perguntou se o Brasil pretende apoiar a proposta do grupo ou se vai se alinhar aos Estados Unidos e países da União Europeia, contrários à suspensão. Até a última atualização desta reportagem, não houve resposta.

O Brasil já chegou a criticar, anteriormente, o tratado internacional sobre patentes de medicamentos. Isso para derrubar o controle de poucos laboratórios no tratamento da Aids e garantir maior acesso aos remédios para os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Patentes já registradas

A China foi o primeiro país a conceder a patente para uma potencial vacina contra o coronavírus. Ainda que não haja nenhuma imunização aprovada em todo o mundo, a farmacêutica CanSino já tem o registro de sua vacina desde 11 de agosto.

Isso significa que a CanSino tem a propriedade sobre a vacina e o direito de vender as doses. De acordo com o resumo da patente, a vacina apresenta boa imunização em testes com camundongos e pode ser produzida rapidamente em grande escala.

Atualmente, há 212 estudos de vacinas em andamento no mundo todo. Pelo menos 48 deles já em fase de testes em humanos, segundo a OMS. Ao menos 11 estudos já estão bastante avançados, na terceira e última fase de testes antes de uma aprovação.

China, Estados Unidos, Reino Unido, Rússia e Índia lideram entre os países com mais ensaios em fase final.

VÍDEOS mais vistos da semana

20 vídeos Veja o momento em que motorista é baleado em posto de gasolina de Niterói Câmera de segurança registra 'clarão' causado por queda de meteoro no RS Prédio tomba em Betim e afeta casas ao redor; 15 famílias ficam desalojadas

VACINA CONTRA A COVID-19

  • O desafio das candidatas a vacina na luta contra o fracasso

  • Podcast: quanto falta para a vacina da Covid-19?

  • Veja os tipos de vacina em desenvolvimento

  • Butantan faz parceria com chinesa Sinovac para teste e produção da vacina

  • Putin anuncia que Rússia é o 1º país a registrar vacina contra o novo coronavírus

  • CoronaVac: candidata chinesa tem bons resultados na fase 2

  • Últimas notícias sobre vacinas

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Mundo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE