Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Indígenas velam corpo de liderança Tembé morta durante ação da PM em Capitão Poço, no Pará

PM diz que Isac Tembé estava com grupo que realizava furto de gado em fazenda. MPF requisitou informações e Polícia Civil investiga o caso.

 
 -   /
/ /

Jovens indígenas fazem homenagem para liderança Tembé, que foi morta na última sexta-feira (12), durante operação policial, em Capitão Poço, nordeste do Pará. Durante velório, grupo de jovens que eram liderados por Isac Tembé Theneteraha, 24 anos, cantaram músicas na língua Tenetehara.

De acordo com a Polícia Militar, uma viatura foi acionada para verificar furto de gado em uma fazenda na zona rural do município. Segundo a polícia, assim que os agentes chegaram ao local foram recebidos com disparos de arma de fogo. Na troca de tiros, o grupo fugiu da área. A PM encontrou um gado desossado, um revólver e uma pessoa alvejada, o indígena Isac Tembé. Ele foi encaminhado até uma unidade de saúde, mas não resistiu o ferimento e morreu.

Investigação

O Ministério Público Federal (MPF) enviou ofícios neste sábado (13) à Polícia Militar, à Polícia Federal, à Polícia Civil e à Fundação Nacional do Índio (Funai) em que são requisitadas informações sobre a morte do indígena.

A Polícia Civil informou que investiga o caso e já recebeu o pedido de informações do Ministério Público Federal. A Fundação Nacional do Índio (Funai) informa que está acompanhando o caso e está à disposição para colaborar com as investigações.

Em nota, a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) informou que a diligência para averiguar o assassinato do indígena foi transferida para a próxima terça-feira (16), a pedido das lideranças Tembé para garantir o cumprimento dos rituais de despedidas dos indígenas.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE