Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Nove membros de grupo extremista americano são indiciados por conspiração em ataque ao Capitólio

Milícia armada de extrema direita Oath Keepers é investigada pela invasão da sede do Congresso americano no início de janeiro.

 
 -   /
/ /

Nove membros do grupo extremista americano Oath Keepers foram indiciados, nesta sexta-feira (19), por conspirar para a invasão do Capitólio dos Estados Unidos.

Na ocasião, cinco pessoas morreram após um grupo de apoiadores do ex-presidente Donald Trump tentar impedir a certificação da vitória eleitoral de Joe Biden.

Relembre no vídeo abaixo como foi a invasão do Capitólio

VÍDEO: Veja imagens da invasão e da depredação no interior do Capitólio, nos EUA VÍDEO: Veja imagens da invasão e da depredação no interior do Capitólio, nos EUA 1 min VÍDEO: Veja imagens da invasão e da depredação no interior do Capitólio, nos EUA

VÍDEO: Veja imagens da invasão e da depredação no interior do Capitólio, nos EUA

VÍDEO: Veja imagens da invasão e da depredação no interior do Capitólio, nos EUA

window.PLAYER_AB_ENV = "prod"

A identidade da maioria dos indiciados não havia sido divulgada antes desta audiência da justiça federal com a presença de um tribunal do júri.

No fim de janeiro, uma juíza federal do estado de Ohio, decretou a prisão de Donovan Crowl, Thomas Caldwell e Jessica Watkins, da milícia armada Oath Keepers.

Eles foram os primeiros suspeitos a serem acusados de conspiração para assumir o controle do Congresso americano, em 6 de janeiro.

Reportagem em atualização.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Mundo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE