Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Municípios da Calha Norte recebem doações para amenizar efeitos da pandemia da Covid-19

Para Faro, foram enviadas cestas básicas com kits de higiene e limpeza, luvas em látex, máscaras cirúrgicas descartáveis e NK95, macacões hospitalares e duas válvulas reguladoras com fluxômetro para oxigênio.

 
 -   /
/ /

Em meio a pandemia da Covid-19, doações de cestas básicas, kits de higiene e limpeza além de equipamentos de proteção individual têm ajudado a população dos municípios do Baixo Amazonas são algumas das ações de solidariedade desenvolvidas pela Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) após o avanço do novo coronavírus.

Em 2020 a ajuda chegou a Oriximiná, Terra Santa e Faro e beneficiaram milhares de famílias em situação de extrema vulnerabilidade social, além de indígenas e quilombolas, por meio de instituições representativas, que passaram a viver isolados nas comunidades, aldeias ou na cidade, sem condições de retornarem para casa.

Já em 2021, com a chegada da segunda onda, as ações se intensificaram e as equipes iniciaram uma força tarefa para atender a demandas emergenciais que chegavam a cada instante, como foi o caso da Paróquia de São João Batista, no município de Faro, que está enfrentando dificuldades por causa da pandemia.

"A gente sabe que tem mais de 200 famílias no município sem renda, eles estão desempregados e foram afetadas pela Covid. As pessoas que são infectadas, ficam com dificuldade até mesmo na questão de trabalhar, já que eles vivem da pesca e agricultura familiar e não estão trabalhando”, explica o pároco da cidade, padre Antônio José.

O município de Faro, em 2021, já recebeu doação de 150 cestas básicas com kits de higiene e limpeza e deve, ainda este mês, receber do Ecam mais 50 cestas básicas com kits de higiene e limpeza. Além das cestas, chegaram 5 mil unidades de luvas em látex descartáveis, 5 mil unidades de máscaras cirúrgicas descartáveis, 500 unidades de máscaras NK95, 70 macacões hospitalares e duas válvulas reguladoras com fluxômetro para oxigênio, equipamentos demandados pela Secretaria Municipal de Saúde de Faro.

Segundo a secretária de Saúde de Faro, Edilza Farias, o aumento dos casos de covid-19 tanto na zona urbana quanto nas comunidades gerou uma demanda excedente no uso de insumos para os profissionais da linha de frente.

“A situação de Faro é alarmante, os índices de contaminação multiplicaram-se rapidamente e, o município não tinha capacidade de atender a demanda, as doações foram de suma importância, pois assim os profissionais na linha de frente foram equipados de forma segura, e houve também a doação de válvulas reguladoras de oxigênio com fluxômetro para ter mais precisão no tratamento de nossos pacientes”, enfatizou a secretária.

Além das ações na Calha Norte, iniciadas em 2020, a Ecam também está apoiando com ajuda humanitária e ações de enfrentamento à covid-19 em Santarém, Mojuí dos Campos e Belterra.

VÍDEOS: mais vistos do G1 Santarém e região

200 vídeos Adolescente de 15 anos morre afogado na praia do juá, em Santarém Parcela do auxílio emergencial já está disponível Governador o PA Helder Barbalho, anuncia mudança de bandeiramento para região oeste

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE