Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Ministro do Interior da Líbia escapa de tentativa de assassinato

Fathi Bachagha foi surpreendido por tiros. Sua escolta policial prendeu dois agressores e o terceiro está no hospital.

 
 -   /
/ /

O ministro do Interior da Líbia, Fathi Bachagha, escapou de uma tentativa de assassinato em uma rodovia perto de Trípoli, neste domingo (21), informou à AFP um membro de sua equipe.

O comboio de Bachagha foi atacado por tiros disparados de um veículo blindado, acrescentou.

"A escolta policial que acompanhava o ministro respondeu. Dois dos agressores foram presos, o terceiro está no hospital. O ministro está bem", disse a mesma fonte.

Peso-pesado da política local, Fathi Bachagha voltava de uma visita de rotina à sede de uma nova unidade de segurança subordinada a seu Ministério.

Bachagha foi nomeado em 2018 ministro do Interior do Governo de Unidade Nacional (GNA), reconhecido pela ONU e com sede em Trípoli.

O político, de 58 anos, que fez da luta contra a corrupção seu cavalo de batalha, era um forte candidato para o cargo de primeiro-ministro interino, que finalmente acabou com Abdel Hamid Dbeibah no início de fevereiro.

Dez anos depois da queda de Muammar Khaddafi em 2011, a Líbia continua mergulhada em uma crise política, com dois adversários até agora: no oeste, o GNA, apoiado pela Turquia, e, no leste, o marechal Khalifa Haftar, apoiado pela Rússia.

Em 23 de outubro passado, estes dois lados rivais assinaram um acordo de cessar-fogo permanente, de "efeito imediato", após cinco dias de discussões em Genebra sob mediação da ONU.

Em 5 de fevereiro, Dbeibah, um engenheiro de formação e rico empresário, e três outros membros de um conselho presidencial foram designados para garantir a transição até as eleições nacionais de dezembro de 2021.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Mundo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE