Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Quatro presos envolvidos com ataques a policiais penais no PA são transferidos para presídios federais

Transferência de presos de alta periculosidade ocorre após áudios sugerirem negociações entre Seap e membros de facção criminosa envolvidos com ataques.

 
 -   /
/ /

Após áudios vazarem sugerindo negociações entre o alto comando da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e membros de facção criminosa, quatro presos indiciados por envolvimento em atentados contra policiais penais do Pará foram transferidos para presídios federais.

A operação foi realizada pela Seap, por meio do Comando de Operações Penitenciárias (Cope), Diretoria de Administração Penitenciária e Diretoria de Execução Criminal.

De acordo com a Seap, os presos transferidos são considerados de alta periculosidade e de grande relevância para organização criminosa.

Na última sexta (26), os quatro foram apresentados na Divisão de Homicídios, em São Brás, onde prestaram depoimento sobre as mortes e ataques aos policiais penais e demais servidores de segurança pública do Estado.

O comboio de transferência saiu do Complexo Penitenciário de Santa Izabel pela manhã, em deslocamento para a base do Grupamento Aéreo do Estado de Segurança Pública (Graesp). No local, foram realizados exame de corpo de delito por peritos do Centro de Pesquisas Científicas Renato Chaves e teste rápido de covid-19 nos custodiados, segundo a Diretoria de Assistência Biopsicossocial da Seap.

A secretaria informou que agentes do Cope seguiram em viagem aérea em avião do Graesp para entrega dos presos ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen), em Brasília. O órgão federal deve encaminhar os custodiados para presídios federais de outros estados.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE