Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Irã aceita participar de encontro em Viena sobre acordo nuclear

China, Rússia, França, Alemanha e Reino Unido vão se reunir com representantes de Teerã na próxima terça-feira. EUA podem participar de ''conversas indiretas'', segundo fontes da agência Reuters.

 
 -   /
/ /

O vice-ministro das Relações Exteriores do Irã, Abbas Araqchi, disse nesta sexta-feira (2) que o país aceitou participar de um encontro com cinco potências mundiais em Viena para tratar sobre o acordo nuclear.

Em entrevista à televisão iraniana, Araqchi afirmou que representantes do Irã, China, Rússia, França, Alemanha e Reino Unido vão se encontrar pessoalmente na próxima terça-feira (6) após terem mantido conversas virtuais "francas e sérias".

Fontes diplomáticas ouvidas pela agência Reuters disseram que os Estados Unidos também pretendem mandar um representante para um "encontro indireto". O país abandonou o acordo nuclear durante o governo de Donald Trump.

Com a saída dos americanos, o Irã começou a descumprir o acordo em 2019. Observadores internacionais alertam que o Irã vinham acelerando as violações do tratado nos últimos meses.

O governo do presidente Joe Biden sinalizou estar disposto a retomar as conversas sobre a volta para o acordo nuclear e vem tentando envolver o Irã nestas negociações.

Em fevereiro, o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, disse a aliados europeus que os EUA estavam preparados para conversar com o Irã sobre o cumprimento do acordo que tem o objetivo de impedir o desenvolvimento de armas nucleares no país do Oriente Médio.

VÍDEOS mais vistos do G1

200 vídeos Vídeo mostra PM que surtou na Barra antes de ser baleado PM surta e dá tiros no Farol da Barra, em Salvador PM que surtou no Farol da Barra, em Salvador, é baleado

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Mundo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE