Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Phillip Adams, ex-jogador da NFL, mata 5 pessoas a tiros e é encontrado morto horas depois nos EUA

Segundo a polícia da Carolina do Sul, Adams atirou contra um médico de Rock Hill e seus familiares. Investigadores acreditam na hipótese de homicídio seguido de suicídio, mas desconhecem a motivação.

 
 -   /
/ /

Phillip Adams, ex-jogador de futebol americano da NFL, matou cinco pessoas a tiros antes de tirar a própria vida nos Estados Unidos, informaram os investigadores nesta quinta-feira (8). Eles dizem ainda não saber qual foi a motivação do crime que aconteceu na véspera.

Segundo a polícia de Rock Hill, na Carolina do Sul, Adams teria ido até a casa do médico Robert Lesslie e atirou contra o profissional da saúde e mais quatro familiares.

O esportista de 32 anos foi encontrado morto horas depois na casa em que vivia com o pai, próxima ao local do crime.

Lesslie era um médico conhecido na região e estava em casa com a esposa, dois netos e mais um homem adulto que não teve sua identidade divulgada – todos morreram.

O xerife do condado de York, Kevin Tolson, disse em entrevista coletiva que não há indícios de que Adams tivesse qualquer tipo de relação com Lesslie ou com sua família.

"Nós provavelmente temos mais perguntas do que vocês agora", disse Tolson a jornalistas.

O xerife confirmou que o ex-jogador tirou a própria vida no mesmo dia do tiroteio, após ser encurralado pela polícia.

Como jogador, Adams teve uma carreira de seis anos na NFL como jogador de defesa por cinco equipes, encerrando no Atlanta Falcons em 2015.

VÍDEOS mais vistos do G1

200 vídeos Henry Borel: Dr. Jairinho e Monique chegam na delegacia após prisão VÍDEO: 'Babá relatou que Henry era ameaçado pelo padrasto', diz delegado VÍDEO: Conversa entre mãe e babá revela 'rotina de violência' que Henry sofria, diz delegado

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Mundo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE