Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Dois empresários são presos em operação da PC por fraude no registro de propriedades rurais no Pará

Prisões ocorreram em Belém e no município de Castanhal, nordeste paraense. Com os suspeitos foram encontrados armas e documentos com dados de outros investigados.

 

Dois empresários foram presos pela Polícia Civil nesta segunda-feira (4) em Belém e em Castanhal, durante a operação 'Boca da Cobra'. A ação investiga fraude documental envolvendo o Cadastro Ambiental Rural (CAR), georreferenciamento e o registro de diversas propriedades rurais no Pará.

Segundo a PC, o serviço era realizado por uma empresa que prestava serviço de regularização fundiária. O homem que foi preso em Belém é proprietário da empresa e já havia sido preso na primeira fase da operação. Ele foi preso de forma preventiva, já que continuou praticando os mesmos crimes.

Em Castanhal, a polícia prendeu um segundo empresário. Com ele foram encontrados contratos em que constavam o nome e os dados pessoais de outras pessoas investigadas nesta operação. Com o suspeito também foram apreendidas duas armas de fogo, uma pistola calibre 380 e uma carabina calibre 38.

Investigações

As investigações partiram de uma denúncia, feita em aplicativo de atendimento ao cidadão, em dezembro de 2020. A polícia explica que foi instaurado um procedimento para verificar a veracidade das informações da denúncia.

Durante a verificação foram constatados vários indícios de irregularidades, como uma procuração pública, feita no cartório de Santarém Novo em março de 2018, cuja outorgante havia falecido no ano de 2003, ou seja, 15 anos antes.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE