Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Tanque flexível é doado ao Corpo de Bombeiros em Santarém para combate a incêndios florestais

Projeto Saúde e Alegria formalizou a entrega de um tanque flexível de 400 litros para compor o conjunto de combate para pickup ao 4º GBM.

 

Um tanque flexível de 400 litros, que vai compor o conjunto de combate para pickup foi doado pelo Projeto Saúde e Alegria na semana passada ao 4º Grupamento de Bombeiros Militar de Santarém, no oeste do Pará. O equipamento será utilizado em ações de combate às queimadas e incêndios florestais na região do Baixo Amazonas.

O tanque possui grande capacidade de armazenamento de água e permite realizar um trabalho eficiente com mais rapidez e facilidade em áreas onde o caminhão-tanque não consegue chegar.

“Nesse período do verão, a falta de chuva na nossa região que é de savana que se estende por uma grande área, qualquer incidência, foco de incêndio, às vezes tem que ter uma certa estratégia para chegar a esses locais. Essa parceria só soma para ajudar o meio ambiente, ajudar as pessoas e cuidar da nossa Amazônia que é a nossa referência e preservar essa região que é o nosso cartão postal”, disse o Capitão Elias Xavier, do 4º GBM.

O tanque é um instrumento para armazenar água nas pickups que se locomovem com maior agilidade em locais atingidos por chamas, onde há dificuldade para chegada das viaturas de maior porte do grupamento.

“Esse tanque flexível tem 400 litros de capacidade. Nós colocamos na traseira da nossa caminhonete e a gente vai para as ocorrências e o funcionamento dele é bem simples. Ele consegue puxar a água que vem do bolsão e sai com pressão vindo pro esguicho para combater os incêndios florestais”, explicou o cabo Júlio César Galúcio, militar do Corpo de Bombeiros.

Na região, durante a época de início das secas, começa também a incidência de queimadas em áreas florestais que abrigam enorme riqueza de diversidade vegetal e animal. É também nesse período que Projeto Saúde e Alegria apoia as formações de brigadistas, campanhas de prevenção e combate a incêndios.

"É importante a gente somar esforços no sentido de cuidar de quem cuida da gente e das florestas. Poder estar instrumentalizando, melhorando as condições de quem está na linha de frente da prevenção e do combate aos incêndios florestais é fundamental, principalmente porque o 4ºGBM é responsável por atender toda essa região do Tapajós”, destacou o coordenador do PSA, Caetano Scannavino.

Caetano Escannavino na entrega de tanque flexível ao 4º GBM — Foto: Sacom PSA/Divulgação

Plano de Prevenção e Combate a Incêndios

A iniciativa está articulada à proposta do Plano Territorial de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais, construído em outubro de 2019 com participação de representantes da Resex, Flona, Corpo de Bombeiros, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, ICMBio e Brigada de Alter, quando então foram traçadas estratégias para atuação das entidades no combate e prevenção às queimadas na região.

Dentre as ações pactuadas para o Plano, foram realizados cursos de capacitação para novos brigadistas, oficinas de prevenção a incêndios florestais, e suporte para aquisição de equipamentos para os combates.

Dentre os apoios recentes, o Floresta Ativa doou sopradores ao Corpo de Bombeiros para combate a incêndios florestais, roupas completas de combate a incêndio urbano, botas, luvas, balaclavas, capacetes, máscaras e equipamentos de proteção individual (EPIs) e drone que ajudará na identificação de incêndios florestais na Amazônia.

VÍDEOS: Mais vistos do g1 Santarém e Região

200 vídeos

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE