Agricultura

Agricultura

Fechar
PUBLICIDADE

ALFACE

ALFACE: Calor eleva oferta, e cotações recuam em setembro

 

Cepea, 6/10/2021 – O mês de setembro foi marcado por temperaturas elevadas e falta de chuva nas regiões produtoras de alface. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, o clima seco vem preocupando produtores quanto à sequência da temporada de verão, cujo plantio tende a se intensificar no decorrer de outubro. Além disso, o calor acelerou o desenvolvimento dos pés de alface e elevou a oferta, enquanto a demanda não acompanhou esse crescimento. Isso porque a renda enfraquecida da população tem limitado a saída das folhosas e prejudicado a fluidez do mercado, resultando em sobras nas lavouras e no atacado e em desvalorizações. Nas roças paulistas (Mogi das Cruzes e Ibiúna), o preço médio da variedade crespa caiu 20,4% em comparação ao de agosto, a R$ 0,61/unidade em setembro. Em Teresópolis (RJ), o valor da americana teve queda expressiva, de 40,7% na mesma comparação, chegando a R$ 0,69/unidade. Vale mencionar que esse cenário está atrelado ao período de preços elevados nesta praça, o qual resultou em aumento de plantio e gerou excedente de oferta. Na Ceagesp, as cotações da crespa caíram 15,7%, fechando setembro com média de R$ 0,60/unidade. Fonte: Cepea/Hortifruti – www.hfbrasil.org.br

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agricultura

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE