Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Britney Spears diz que vai advogar por pessoas em sistema de tutela e agradece fãs: '''Salvaram minha vida'''

Em vídeo, cantora disse que sua situação era ‘desmoralizante e degradante’ e ainda afirmou que família deveria estar presa por todas as coisas ruins que fez com ela.

 

Britney Spears usou as redes sociais para agradecer os fãs e dizer que usará suas redes sociais para advogar por pessoas que sofrem de doenças e deficiências reais por serem submetidas a sistemas de tutela.

Esta semana, a cantora ficou livre da tutela de seu pai, Jamie Spears, após a juíza Brenda Penny concordar com o fim do controle de 13 anos sobre a vida, carreira e finanças da cantora pop.

  • Britney Spears em debate: após tutela, teremos uma volta triunfal da princesa do pop?
  • 'Framing Britney Spears' no Globoplay: documentário ampliou movimento #FreeBritney, contra tutela do pai

O pai foi suspenso da posição de tutor da filha em setembro, e advogados de ambas as partes pressionavam pelo fim definitivo do processo.

Spears publicou um vídeo em suas redes sociais no qual afirmou que as pessoas lhe perguntam sobre o que fará agora que está livre da tutela e disse que está empolgada para fazer as pequenas coisas que fazem uma grande diferença como "dirigir o próprio carro, usar o cartão de crédito para sacar dinheiro e até mesmo comprar velas".

Ao longo de quase dois minutos, a cantora ainda seguiu o desabafo e afirmou que usará suas redes para advogar por pessoas impactadas por sistemas de tutela e que sofrem de "deficiências e doenças reais".

"Não estou aqui pra ser uma vítima. Eu vivi como vítima minha vida inteira quando eu era criança. Por isso eu saí de casa e trabalhei por 20 anos. E eu trabalhei duro. Eu sou uma mulher muito forte, então eu sei o que o sistema pode fazer com essas pessoas. Espero que minha história possa impactar e faça alguma diferença nesse sistema corrupto", afirmou a cantora.

Spears finalizou o vídeo agradecendo aos fãs e a todo o movimento Free Britney. "Vocês são demais."

"Minha voz foi silenciada e ameaçada por muito tempo e eu não podia me manifestar e falar nada. Por causa de vocês ...que meio que sabiam o que estava acontecendo e entregaram notícia para o público por tanto tempo, vocês deram consciência pra todos eles. Eu, sinceramente, acredito que vocês salvaram minha vida."

Além do vídeo, Britney também escreveu um breve texto como legenda.

"Sei quão constrangedor é compartilhar o fato que eu nunca vi meu dinheiro ou não era capaz de dirigir meu próprio carro. Mas honestamente, eu ainda fico chocada todos os dias quando percebo o que minha família e meu sistema de tutela fizeram comigo. É desmoralizante e degradante."

"E eu nem vou mencionar todas as coisas terríveis que eles fizeram comigo, pelas quais deveriam estar na prisão... incluindo minha mãe indo para a igreja. Eu estava acostumada a permanecer em paz e com a boca fechada por minha família, mas não dessa vez."

Fãs de Britney Spears se reúnem na frente de tribunal em Los Angeles nesta sexta (12) — Foto: Reuters/Mike Blake

Fim da tutela

A parte que representa a cantora pop protocolou documentos que pressionavam a juíza Brenda Penny no dia 28 de outubro.

"A Sra. Spears fez saber seu desejo sobre o fim da tutela que ela sofreu por tanto tempo e ela pediu a este Tribunal 'deixá-la ter sua vida de volta', sem uma avaliação (médica), recentemente comparecendo a duas audiências no Tribunal e pedindo diretamente para acabar com a tutela", disse seu advogado Mathew Rosengart.

Britney Spears usa camisa #FreeBritney antes de audiência decisiva sobre tutela

window.PLAYER_AB_ENV = "prod"

"É respeitosamente apresentado, com o consentimento de todas as partes, que chegou a hora", diz o documento.

A equipe de Jamie também deixou claro que o pai não pretende continuar como tutor da filha.

"Jamie ama e apoia incondicionalmente sua filha. Ponto final. Como ele fez por toda a vida dela, Jamie fará tudo o que puder para protegê-la e cuidar dela. Nos últimos 13 anos, isso incluiu servir como seu conservador. Agora, significa acabar com a tutela dela", afirmou Jamie nos documentos.

Jamie Spears e Britney Spears — Foto: AP Foto

Britney nas redes

Britney Spears afirma que Donatela Versace está preparando seu vestido de noiva — Foto: Reprodução/Instagram/BritneySpears

Desde que o movimento para encerrar a tutela ficou mais acelerado, Britney ficou mais ativa nas redes sociais e tem compartilhado viagens, pensamentos e fotos com seus fãs.

Ela chegou a postar fotos nuas no Instagram, poucos dias após a suspensão da tutela. "Se divertir no Pacífico nunca fez mal a ninguém", escreveu em outubro.

Nesta semana, Britney tem feito vários posts e em um deles desabafou sobre o processo que faz com que sua vida fique controlada pelo pai há 13 anos.

"Essa semana vai ser muito interessante para mim. Nunca rezei tanto por algo em minha vida", escreveu em um post. O texto foi apagado, mas a imagem segue no perfil.

"Eu sei que disse algumas coisas no meu Insta por raiva e sinto muito, mas sou apenas humana... e acredito que você se sentiria da mesma forma se fosse eu”, afirmou Britney sem citar o fato de que acusou a mãe Lynne Spears de ser a mentora do processo de tutela em post que já foi excluído.

Em outro post, a cantora contou que a estilista Donatela Versace está preparando o vestido que vai usar no casamento com o modelo e atleta iraniano Sam Asghari.

Um dos motivos alegados para acelerar o fim da tutela é que a situação isso a impediria de assinar um acordo pré-nupcial com seu noivo.

Suspensão da tutela

Jamie Spears foi suspenso da posição de tutor da filha em setembro. Ele já havia desistido do "cargo", mas sua saída estava prevista para acontecer só na audiência sobre o caso que estava marcada para janeiro de 2022.

  • FOTOS: A reação dos fãs da cantora quando suspensão da tutela foi anunciada
  • VÍDEO: 'Cantora representa grupo de pessoas que teve medo de ser livre', diz Gil do Vigor

No entanto, a defesa da cantora pediu à justiça dos EUA para acelerar o fim da tutela, e foi atendida pela juíza Brenda Penny. O contador John Zabel substituiu imediatamente Jamie Spears no papel de tutor.

Matthew Rosengart, advogado de Britney Spears, fala após audiência em que ficou determinada o fim da tutela de Jamie Spears sobre a filha — Foto: Reuters/Mario Anzuoni

'Só quero minha vida de volta'

Em depoimento em junho, a cantora classificou a decisão judicial que permitia que sei pai continuasse no controle sobre sua vida como abusiva, idiota e constrangedora.

Em uma participação de 23 minutos, a estrela disse que foi drogada, forçada a atuar contra sua vontade e impedida de ter filhos.

"Eu só quero minha vida de volta", disse ela, por telefone, ao pedir ao tribunal o fim de sua tutela. Ouça abaixo.

Ouça depoimento de Britney Spears, que luta pelo fim de sua tutela, à Justiça americana

window.PLAYER_AB_ENV = "prod"

Veja perguntas e respostas sobre a tutela e o movimento 'Free Britney':

O que é uma tutela legal?

Quando uma pessoa é considerada incapaz de cuidar de si mesma, um parente pode entrar com um pedido em um tribunal para controlar os negócios dessa pessoa. Decisões favoráveis a esse tipo de petição são mais comuns com idosos, deficientes e quem está muito doente.

Quais os motivos da tutela de Britney?

Britney Spears no começo da carreira, no fim dos anos 90, em 2008, e em foto recente — Foto: Divulgação e Instagram da cantora

Muitos dos detalhes do caso seguem mantidos em sigilo, mas documentos vazados e publicados pela imprensa americana citam “uma doença mental não divulgada” e “abuso de substâncias” como as razões para sua tutela.

Entre 2007 e 2008, Britney passou por vários problemas na vida pessoal:

  • ela se divorciou de Kevin Federline;
  • raspou a cabeça e atacou o carro de um fotógrafo;
  • perdeu a custódia dos filhos Sean (2005) e Jayden (2006);
  • foi internada em uma clínica de reabilitação.

Citando esses episódios, Jamie Spears entrou com uma petição no Tribunal Superior do Condado de Los Angeles pedindo uma tutela temporária de emergência.

De acordo com o jornal “Los Angeles Times”, “os documentos judiciais mostram que Jamie Spears tem o poder de negociar oportunidades de negócios, vender sua propriedade e restringir seus visitantes. Ele pode entrar com um pedido de restrição contra aqueles que ele acredita ameaçar a estabilidade de sua filha e cada compra que ela fizer deve ser registrada em relatórios judiciais anuais sobre seus gastos.”

O que é e como surgiu o movimento #FreeBritney?

O movimento #FreeBritney surgiu a partir da preocupação de fãs de Britney Spears com o bem-estar da cantora. O principal ponto é a tutela legal que, segundo eles, deixou Britney “presa” desde 2008. O movimento, segundo site oficial, busca “acabar com a tutela e aumentar a conscientização sobre o abuso da tutela”.

Por que o movimentou ganhou força após tanto tempo?

Em abril de 2019, o podcast Britney’s Gram botou no ar uma mensagem de voz atribuída a um dos membros da equipe de advogados do processo de tutela. De acordo com o áudio dessa fonte anônima, o pai de Brtiney tem um nível de controle “além do que muitos imaginavam”. Ele também afirmou que ela foi internada em uma clínica contra a própria vontade. Isso aumentou o uso da hashtag #FreeBritney. O documentário, é claro, também deu novo gás ao #FreeBritney.

Quais os argumentos de fãs e advogados contra a tutela?

Os fãs dizem que se ela pode seguir trabalhando com tanta intensidade, então não há motivo para que seja tutelada. Só a residência em Las Vegas (“Britney: Piece of Me”) rendeu 248 shows com bilheteria total de quase US$ 140 milhões.

Documentário mostra como Britney Spears era vigiada 24 horas pelo próprio pai

window.PLAYER_AB_ENV = "prod"

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Variedades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE