Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Agentes da Rotam celebram saída da prisão de policiais presos por estupro e tortura na Grande Belém

De acordo com a Promotoria de Justiça Militar, caso será alvo de inquérito por apologia ao crime.

 

Uma celebração registrada no quartel da Ronda Tática Metropolitana (Rotam), em Belém, nesta sexta-feira (19), virou alvo de inquérito. De acordo com a Promotoria de Justiça Militar, os policiais se reuniram para comemorar a soltura de agentes presos por suspeita de envolvimento em crimes de estupro e tortura.

A comemoração, gravada em vídeo, envolve danças e gritos de guerra com palavras violentas. A Promotoria de Justiça Militar informou que vai instaurar um inquérito para apurar caso de apologia ao crime.

A festa seria para celebrar a liberdade de quatro agentes da Rotam, presos desde agosto, sob acusações de tortura e estupro contra uma jovem de 18 anos, que alega ter sido violentada pelos militares no mês de julho, em Ananindeua, na Grande Belém. Estas acusações são investigadas em sigilo.

  • Policiais são presos suspeitos de estuprar e torturar jovem de 18 anos no Pará

Segundo a promotoria, os PMs da Rotam foram soltos por determinação da Justiça após a instrução do processo, e estão com tornozeleiras eletrônicas, sendo monitorados.

Ainda de acordo com o promotor de Justiça Militar, Armando Brasil, a Promotoria vai analisar a possibilidade de pedir o afastamento de toda guarnição que participou deste ato.

Em nota, a Polícia Militar informou que "não compactua com os desvios de conduta por parte dos seus agentes e que todas as denúncias são apuradas com o máximo rigor pela instituição. Medidas cabíveis serão tomadas, conforme prevê o Código de Ética e Disciplina da corporação".

Também em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) afirmou que reitera "que não compactua com desvios de conduta, caso ocorram. O caso encontra-se em segredo de justiça e, por este motivo, demais informações estão sendo mantidas em sigilo".

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Cidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE