Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Michael Cohen, ex-advogado de Trump, cumpre toda sua pena

Cohen terminou sua pena de três anos. Ele cumpriu uma parte da sentença em casa, depois do início da pandemia de Covid-19.

 

Michael Cohen, que foi advogado pessoal do ex-presidente Donald Trump, dos Estados Unidos, acabou de cumprir sua pena por ter cometido crimes relativos ao financiamento de campanha nesta segunda-feira (22).

Ele afirmou aos jornalistas que pretende trabalhar com os agentes para garantir que os outros responsáveis pelos crimes que ele ajudou a cometer sejam penalizados.

Trump teria orientado Michael Cohen a mentir

window.PLAYER_AB_ENV = "prod"

Leia também

  • Justiça dos EUA condena Michael Cohen, ex-advogado de Donald Trump, a 3 anos de prisão
  • Ex-advogado de Trump se declara culpado em tribunal e admite ter comprado silêncio de mulheres por ordem do presidente

Minutos depois, ele publicou uma foto dele mesmo em uma rede social na qual ele aparece com os documentos de sua soltura. A imagem era acompanhada pelo seguinte texto: “Essa é a aparência da liberdade”.

Durante o processo, ele mesmo atuou como advogado de defesa. Ele reconheceu que era culpado por evasão de impostos, crimes de financiamento de campanha e outras violações.

Cohen já não estava na prisão: com a Covid-19, ele foi cumprir a pena em seu apartamento.

Veja os vídeos mais assistidos do g1

200 vídeos

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Mundo

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE